Day use: aprenda o que é e como utilizar para salvar seu hotel na baixa temporada

Aprenda o que é day use e como salvar seu hotel na baixa temporada

Quem gerencia um hotel já sabe que um dos períodos mais desafiadores para manter um hotel é durante a baixa temporada.

Se na alta temporada os quartos estão quase todos ocupados em decorrência das altas taxas de ocupação, é justamente quando ela acaba que o hotel tem quedas na receita.

Mas existem algumas ações que você pode tomar para evitar isso. Uma delas é o modelo de hospedagem day use.

Confira abaixo alguns motivos que vão convencê-lo a implementar essa ação no seu hotel.

O que é day use?

Day use é quando o hóspede usufrui das instalações do hotel ou pousada durante o dia, como piscina, buffet e áreas comuns, mas sem ter direito a um pernoite.

Também conhecido como uso por um dia, o day use é uma das medidas que podem ser adotadas durante a baixa temporada. Em inglês, esta modalidade de hospedagem é conhecida também como microstay, day use room ou ainda hotel by day.

Day use como estratégia de vendas. Foto: Pexels

Como funciona na prática

A prática de hotel por hora é muito popular em países da Europa e é cada vez mais utilizada no Brasil. Trata-se de uma solução simples e barata para o hóspede que precisa de um hotel, mas não de um pernoite.

Seja durante viagens com longas horas de conexão ou entre destinos que o viajante necessita descansar um pouco mais, o day use é a melhor opção.

Para o hotel essa prática é utilizada em período de baixa estação, ou seja, vem justamente para melhorar as vendas e conquistar futuros hóspedes para as estações de alta temporada. 

Pode ser aplicada por qualquer tipo de hotel ou pousada, pois a estratégia é oferecer diárias com preço abaixo de uma diária completa, com pernoite. Em geral, esse tipo de tarifa vale para estadas das 12h às 18h, mas pode variar a cada hotel.

Glossário Gratuito da Distribuição Hoteleira

Fidelize novos hóspedes

Analisando pela ótica do hóspede, existem algumas situações que podem ocorrer para a utilização do day use hotel.

Duas delas são provavelmente as mais comuns: a primeira é quando pessoas em trânsito na sua cidade, seja em uma viagem de negócios, seja em um passeio, precisam aguardar a conexão de um voo para outro lugar e querem usufruir de um ambiente confortável e estruturado em vez de ficarem aguardando por horas o próximo vôo no saguão do aeroporto.

Já a segunda ocorre com pessoas que vivem na mesma cidade ou em regiões próximas do hotel e querem ter um dia “diferente”. Estes hóspedes buscam explorar os hotéis da sua cidade em um dia de lazer proporcionando muitas vezes, um passeio alternativo à família ou ao casal.

Em ambos os casos, as oportunidades são excelentes para que você possa apresentar as instalações do seu hotel e fidelizá-las.

Esse “cartão de visitas” permitirá que o viajante em trânsito possa cogitar ficar no seu hotel ou pousada para estadias maiores e que o morador da sua cidade desfrute novamente de um futuro day use.

Além disso, você abre oportunidades para que eles possam recomendar o hotel para amigos e familiares.

Hotel por hora: o que oferecer

O serviço de praia é uma das comodidades oferecidas pelos hotéis no sistema day use. Mas, se o seu hotel ou pousada não está em uma cidade litorânea, não se preocupe!

Aposte no serviço interno de bar e restaurante, além da possibilidade das áreas de lazer como piscina, sala de jogos e, até mesmo, um quarto disponível com cama de casal para melhor conforto do viajante.

Em um dia de uso no hotel fazenda, ofereça o chamado passaporte. É equivalente a um ingresso, sendo muito procurado por famílias com crianças. Com ele é possível oferecer, por exemplo, passeios a cavalo, trilhas com guias, além de piscina e acesso aos parques temáticos.

Já os hotéis próximos aos aeroportos, estão se especializando no nicho de mercado de day use. Esses hotéis passaram a permitir que o viajante utilize o apartamento durante o dia para reuniões, entre um voo e outro. Assim, utilizam o ambiente silencioso do quarto, o wi-fi e podem descansar também.

O perfil de clientes desse serviço vai do turista de negócios em busca de uma sala de reuniões, até famílias interessadas em lazer. É preciso conhecer o seu público e investir em estratégias de vendas para atraí-los.

Potencialize suas vendas com day use. Foto: Pexels

Reduza os gastos do seu hotel

Uma das lógicas do day use é a ausência do pernoite para as pessoas que usufruirão das instalações do seu hotel. Ou seja, você cobra valores para a utilização do SPA, piscina e buffet, mas pode manter os quartos sem utilização.

Isso significa que você será capaz de economizar em consumo de luz, água e troca de roupa de cama, além de diminuir as idas de seus colaboradores até os quartos, possibilitando que eles sejam realocados para outras funções, por exemplo.

Conheça o BeeDirect Omnibees

Caso opte por incluir a utilização do quarto, os valores tendem a ser diferenciados, mas, ainda assim, menores que uma diária completa com pernoite.

Então, os gastos precisam ser revistos para não gerar despesas maiores do que as receitas para o hotel.

Estabeleça pacotes de horas para permanência

Uma boa dica para aumentar a sua receita durante a baixa temporada com o uso do day use é criar pacotes de horas para a permanência no hotel. Ou seja, será disponibilizado parte das instalações, podendo ou não considerar os quartos, e poderá cobrar pelas horas utilizadas em vez de ofertar um preço único e padronizado.

Nesse caso, será possível oferecer pacotes de 3, 6, 9 e 12 horas, por exemplo, e disponibilizar preços progressivamente maiores de acordo com o tempo e com a capacidade do seu hotel. O que já acontece em algumas cidades na Europa, inclusive.

Em Milão, a seleção dos hotéis day use é muito boa e inclui o Hotel Gallia, um dos mais luxuosos da cidade, perto da Estação Central. Em Londres, a empresa ByHours oferece pacotes de 3, 6 e 12 horas em vários hotéis.

Defina processos e oriente toda a equipe 

O day use é completamente diferente de uma reserva comum, por isso, é necessário criar um processo exclusivo que deve considerar a divulgação, a forma de venda, processo de check-in e check-out, precificação e processos de auditoria financeira. 

Divulgação e forma de venda 

Como os sistemas de vendas de reservas operam por diárias, a venda de “horas” precisa ser feita à parte. Muitos hotéis que disponibilizam day use, direcionam a venda para um e-mail de reservas, telefone do hotel ou balcão. Esse pedido será processado manualmente e entrará no fluxo definido pelo hotel.

Check In e regras de permanência 

Os pacotes de day use devem definir regras claras de utilização das áreas e itens do hotel. O hóspede deve ser orientado sobre o que pode ou não fazer. Caso não tenha acesso a um apartamento, ele deve ter um local onde guardar os pertences como toalhas para se secar após um banho de piscina etc. Todas as etapas devem ser bem pensadas para garantir conforto e segurança à todos os clientes. 

Check out e pagamento 

A equipe deve estar ciente dos horários de entrada e saída, e caso tenha mudança de turno, tudo deve estar devidamente registrado para que a operação se certifique que o hóspede day use fará o check-out na hora correta. 

As regras de pagamento também devem estar organizadas e alinhadas, tanto da taxa de day use como o consumo de extras. Em hotéis que rodem auditoria noturna, o processo de emissão de nota fiscal também deve estar sinalizado.

Confira o infográfico gratuito Jornada do Hoteleiro: ações e soluções que facilitam o encontro do hoteleiro com o viajante.

Certamente, utilizar o day use no seu hotel durante a baixa temporada é uma excelente medida para alavancar sua receita e apresentá-lo para os novos viajantes. 

O serviço day use beneficia tanto os hóspedes como as redes de hotéis. Para os hotéis e pousadas com uma boa infraestrutura, essa é uma oportunidade extra para aumentar o faturamento, além de atrair clientes que não procurariam o hotel, caso não houvesse essa opção de tarifa, como os moradores da própria cidade.

Entretanto, durante os períodos de alta temporada é mais difícil para o hoteleiro manter o serviço. Por isso, há necessidade de agendar com antecedência o sistema de day use, uma vez que a procura por pernoites é maior em meses de férias escolares e feriadões.

Agora que você já sabe como aplicar day use em seu hotel, prepare suas instalações e ofereça agora mesmo essa possibilidade!

O que você achou do nosso texto sobre o que é day use? Quer ler mais posts como este? Separamos abaixo três artigos que podem ajudar você:

Conheça a Omnibees

A Omnibees é uma empresa global que oferece a mais completa solução de distribuição e inteligência para a indústria de turismo. Com mais de 5.000 Hotéis e 700 parceiros de distribuição, ela é líder absoluta do mercado nacional.

Com soluções para Hotéis Independentes, Pousadas, Cadeia Hoteleira, Hotéis Boutique, Operadores Turísticos, Agências de Viagens e Empresas, permite maximizar a receita dos seus clientes através da otimização do preço ou redução dos custos operacionais.

Para mais informações entre em contato conosco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *